sexta-feira, 20 de março de 2009

Um dia de cada vez...

Ontem a noite minha pequena fez-me chorar... eu estava bordando na cozinha enquanto conversava com minha mãe (o Biel acabara de dormir)... eu estava de pijama, de chinelo e com as pernas cruzadas...então ela se abaixou, olhou para meus pés e disse: "Mamãe, seu pezinho está com dodói! O que foi isso?" Eu disse que o sapato estava meio apertado então machucou um pouquinho... Ela saiu e eu continuei conversando, eis que ela me aparece com um "bandeide" e diz: "Eu fui bem de mansinho lá em cima pra não acordar meu irmãozinho... toma isso vai resolver!" Colocou no meu calcanhar o negócio tudo torto e falou: "Agora vai sarar!".
Não é linda?!

Hoje pela manhã levei o pequeno na creche e como tenho feito desde terça, fui ver a Lorena... desta vez fui impedida pela médica de entrar... ela me falou com um olhar triste, que era bom evitar dela tentar se comunicar, pois os analgésicos, incluindo a morfina, não estavam dando efeito, então ela está sofrendo e está chegando a hora... vi sua mãe sair aos prantos... seu pai logo apareceu e conversou comigo... estão fazendo de tudo para que ela não sofra, mas está difícil... Me senti meio inútil, então fui ao ambulatório, onde encontrei a mãe do Cauã...

Ele está bem, alegre e esperto... falei da Campanha do pijama e ela me falou que está se mexendo para fazer uma campanha para arrecadar cobertores, pois são sofríveis... e realmente, são simples e lavados a alta temperatura, não resistem muito tempo... e para ela conseguir fica mais fácil, pois eles tem uma rádio... espero que consiga muitos colaboradores...

Conversei um pouco com todos e me despedi... acredito que amanhã não verei mais nenhum parente da Lorena lá... Que Deus abrande seu sofrimento e de seus parentes...

Beijos, Keli.

9 comentários:

justme disse...

Oh Keli, perante a dor desses pais só nos podemos sentir insignificantes, pois dor sem esperança é o vazio, na minha opinião.Que a pobre Lorena possa descansar em paz e os seus pais encontrarem algum consolo nos anos bons que tiveram com ela. Espero que a Heleninha esteja a recuperar bem. Bjs.

Eunice Martins disse...

OLA QUERIDA AMIGA ESPERO QUE TUDO EM SUA CASA ESTAJA BEM AMIGA ESTOU AQUI REZANDO PELA LORENA QUE DEUS A LEVE EM PAZ E A MANTENHA EM SUA COMPANHIA,POIS ASSIM ACABARA COM O SOFRIMENTO DESSE LINDO ANJINHO, AMIGA DEPOIS ME DIGA ALGUMA COISA OK.




Vida Nova

Você quer mudanças. Você pede prosperidade.

Mas acorda, vai ao espelho e não vê novidades.

A vida transcorre igual pálida, sem a energia que você gostaria.

Sua voz interior sopra " Vida Nova ", mas tudo parece distante e difícil.

A culpa fica por conta do patrão, da sogra, do governo, da falta de sorte,

Aí você resolve mudar! Bem... " mas só segunda-feira" ,

" dia 1º " , " depois das férias " ...

Não raro, prevalecem outros fatores condicionais:

" Se eu tivesse dez anos menos ", " se eu ganhasse na loteria " ou " quando eu me casar " , " quando eu me aposentar " ...

Desculpas não faltam, não é mesmo?

Hoje pode ser um novo dia. Basta você querer.

Se fizer as mesmas coisas de ontem, obterá os mesmos resultados de agora.

Então, é preciso agir diferente e, claro, com ousadia positiva e forte determinação.

Afinal, Deus nunca vai fazer por você aquilo que você mesmo pode fazer...

Chega de enrolar a si próprio! É preciso agir!

É preciso decretar as mudanças que tanto almeja!

" Mudar " significa inovar, alterar costumes, processar com coragem e força de vontade as transformações que se fazem necessárias.

Chega de assistir à vida passar do alto da cômoda cadeira dos críticos!

Chega de se colocar na condição de vítima!

Você pode e sabe que pode melhorar a sua vida.

A conquista de uma Vida Nova requer persistência e autoconfiança.

Mas exige, sobretudo, que você elimine de vez o vício de tudo adiar, entendendo, definitivamente, que está mais do que na hora de mudar...

DESEJO UM BOM FIM DE SEMANA.
BEIJOS COM CARINHO.

disse...

Olá, Keli!!!
Cheguei no seu blog através do blog da Priscila.
Linda a Helena, como pode esses pekenos nos surpreendem com seus jestos de amor...acredito q eu tbm me derramaria em lagrimas tendo um cuidado tão especial assim...rsrsr
Ah! meu bay tbm se hama Gabriel.
Bjo, um ótimo fim de semana.

disse...

Olá, Keli!!!
Cheguei no seu blog através do blog da Priscila.
Linda a Helena, como pode esses pekenos nos surpreendem com seus jestos de amor...acredito q eu tbm me derramaria em lagrimas tendo um cuidado tão especial assim...rsrsr
Ah! meu bay tbm se hama Gabriel.
Bjo, um ótimo fim de semana.

krystal disse...

Q gracinha amiga, eu tb emocionei-me ao ler este seu post. eu nao tenho filhos, mas acho q te-los é uma dádiva divina tão gde, que não ha nada no mundo q se compare. Bjs e bom fds.

sandrinha disse...

Olá minha amiga.

Realmente e por muito duro que pareça a vida é mesmo assim...UM DIA DE CADA VEZ.
Muita força minha amiga e que Deus abençoe Lorena.

Beijos!

carla fazendo artes disse...

Olá Keli.Não consigo mais passar um dia sem vim aqui.Estou sem palavras,já escrevi tanta coisa e apaguei tudo,pois não sei o que dizer nesse momento tão triste.A minha oração nesse momento é que DEUS conforte os corações dessa família.Mande um bjão para Heleninha.Talvez com esse gesto ela esteja dando algum sinal de que será uma grande médica.Que achas?Tenham um fim de semana abençoado.Bjs.Carla

Lurdinha disse...

Keli, com certeza a Helena está aprendendo muito com vc. Ela tbém quer ter o mesmo cuidado com vc, afinal, é assim q vc cuida dos seus. É sinal de amor.
A Lorena será sempre lua, força, alegria para a família, afinal, ter filhos é uma bênção, mesmo aqueles q vão embora tão cedo. Que Deus ilumine o caminho da Lorena e de seus familiares.
Beijos
Tia Lurdinha

Priscila Sant'Anna disse...

Linda, linda e doce Heleninha!
Keli, não tem como não se emocionar com um gesto assim, puro e cheio de amor!
Beijos para vcs e bom finde!
Pri & Bia
Ps. Sobre a Liahona, tu acertou!