quarta-feira, 31 de março de 2010

Meu último dia na REPAR

Conhecendo um pouquinho...


UNIDADE DE NEGÓCIOS REPAR REFINARIA PRESIDENTE GETÚLIO VARGAS

Construída na década de 70, a 25 quilômetros de Curitiba, estado do Paraná, a Refinaria Presidente Getúlio Vargas - Repar é a principal empresa do setor químico paranaense e a maior indústria do sul do país, com 580 empregados próprios e 260 contratados e um número quatro vezes maior de empregos indiretos.Localizada em Araucária, a refinaria constitui o maior investimento individual da Petrobras no Paraná, equivalente a 1,5 bilhão de dólares, com um índice da nacionalização de 85%. A Repar ocupa uma área de 10 milhões de metros quadrados, com mais de dois milhões compostos de áreas construídas e o restante de áreas verdes naturais conservadas.

A capacidade atual de refino é de 31 milhões de litros diários de petróleo, equivalentes a 196 mil barris, representando 11,5% da produção nacional, transformados nos produtos – óleo diesel (40%), gasolina (22%), gás de cozinha - GPL (10%), óleos combustíveis (10%), nafta petroquímica (7%), asfaltos (2%) e outros com menor percentual como querosene de aviação, matéria-prima para fertilizantes, asfalto e gás de refinaria. Aproximadamente 75% de sua produção destina-se ao abastecimento do Paraná, Santa Catarina, sul de São Paulo e Mato Grosso do Sul. O restante é destinado a outras regiões do país ou é exportado.

A instalação da Repar em 1977 no Paraná, até então um estado predominantemente agrícola, propiciou na região de Curitiba e Araucária, a criação de parques industriais que resultaram em atratividade para instalação de novas empresas industriais e de serviços, notadamente para a região metropolitana da capital.

fonte: Portal REPAR (intranet)

Então é dela que estamos falando... desde que nossa família sofreu o baque com a aparição de leucemia na Helena, em 10/08/07, eu fui emprestada pela Unidade Bacia de Campos, no Rio de Janeiro, para a REPAR. Bem, na verdade não foi bem "desde que"... primeiro eu fiquei um ano, contando com a licença maternidade do Gabriel, afastada da empresa... e como nada é por acaso, foi o período mais difícil do tratamento dela e eu pude acompanhá-la... depois fui emprestada.

No começo fiquei completamente perdida, numa gerência pouco interessada em meus problemas (nada pessoal, mas a correria é desculpa para não olharmos para o lado), ela apenas procurava não interferir, cumpria o papel burocrático e ponto. Quando me davam trabalho era coisa parada a mais de 20 anos... o que ninguém queria fazer. Tinham pessoas que tentavam me animar com lindas frases sem efeito, do tipo: "Se pediram pra você é porque confiam no seu poder de desatar nós..." kkkk Tenho que rir...

Quem gosta de só ficar com coisa ruim pra resolver??

Se viessem com desafios significativos, tudo bem, mas não... melhor não remexer, afinal existe a tal ética, e eu não sou besouro.

E como tudo tem seu lado bom, e eu procuro vê-lo sempre (que posso), com essa "falta do que fazer"...
  • eu fiz muitas amizades, muitos amigos e alguns colegas... em especial hoje a minha comadre Cláudia, a Cacau... a doida varrida da Ana Lydia, que amo de paixão, com seus picos de euforia e de chororô... kkkk... o doido do Rocco, que entre seus palavrões, esporros e piadas diverte a galera... a amada Clarice (ponto de equilíbrio), João, meu amigo "Jhonny" e sua memória "notável"... S. Antônio (meu companheiro do ônibus, fiz muita terapia com ele)... Ronaldo (também do ônibus, vendi muita Natura pra esposa dele e dormimos juntos muitas vezes, no ônibus!!... kkkk), juju, minha formiguinha... Meire, Flávia, Kaysa, Elaininha, Jaqueline, Beth, Sandra, Neusa, Cleusa, Fátima, Regina... a lindona da Márcia, o trio de fofoléticas "As Adrianas" e uma Adriane... Leander, Newton, Anderson, Tomás, Márcio, Wilson, Luciano... "A Deise Regina", Júlia, Cinthya, Silvana, Fran e a doce Vivi - todas do Compartilhado... entre tanta gente boa... falta muita gente na lista...
  • pude criar o blog, aprender muito e mostrar as minhas criações... fiz amigas que nunca vi, mas que já moram em meu coração... Guida, Noah, Márcia Gullo, Ângela, Mônica, Tháta, Cris e Ana... entre outras...
  • pude fazer campanhas (pijama, agulhas, cobertores, colchões, m2 da ampliação do Erasto...) para os Hospitais em que a Heleninha passou, o Erasto e o HC... aliviando assim o sofrimento de MUITAS crianças... e graças à ajuda de muitos de vocês, vou voltar para o RJ com a certeza que o sofrimento de minha filha não foi em vão.
  • No Hospital pude conhecer a realidade sofrida de muitos... que não suportaram... e outros tantos que estão livres... a dura luta de um hospital para manter o suporte básico... muitas vezes o descaso também...
  • pude aprender a valorizar uma vida "normal"... sem hospital, sem remédios, sem traumas... que um dia vamos voltar a viver.
  • pudemos aprender a amar ainda mais a família, os parentes que realmente se fizeram presente nas horas difíceis... que não foram poucas, mas foram poucos.... a valorizar os verdadeiros parentes, não aqueles que brotam na nossa vida por força do destino, mas aqueles que fazem questão de participar, de apoiar... os amigos que escolhemos e nos escolhem e que se tornam mais preciosos que um simples traço genético... Tia Lurdinha, Sussu, Giovana...
  • ...
Mudei muito... crescemos muito... espero estar certa e que os que nos esperam em Macaé reconheçam as melhorias em mim... em nós. Afinal as experiências devem deixar ensinamentos, não é?! E como meu coração tem certeza que o exame do dia 15 só vai confirmar que a Heleninha está curada... me despeço da REPAR feliz!

Então é isso... mais uma fase passou... vou levar comigo:

"O mundo há de ser melhor pois estivemos nele e fizemos a diferença"

"o copo é seu... você que decide se ele está metade cheio ou metade vazio... o meu está metade cheio... e o seu??"


Um beijo no coração, Keli.

14 comentários:

Menina do dedo azul disse...

Minha irmã,

Peço a Deus que realmente dia 15 saia a confirmação daquilo que seria a melhor notícia das nossas vidas...
Que seu coração de mãe esteja certo e que nossa boneca esteja, finalmente, livre!

Desejo que seu copo e de sua família esteja totalmente cheio, sempre!

Amo vc.

Anônimo disse...

Teste

Lurdinha disse...

Que bom foi ler seu testo. A esperança em seu coração é profunda e importante. Volte em paz e com a certeza de que uma faze bem melhor está por começar. Pode contar comigo sempre, vc sabe.
Não vai dar pra te dar um beijo pessoalmente de boa viagem, qdo vc voltar eu dou. Desejo a vcs uma ótima viajem e o Anjo da Guarda os acompanhe sempre. Amo muito vocês.
Bjs.

Mônica Schmidt disse...

OII Keli, vim conhecer seu vantinho e gostei muito de tudo, vc me parece uma pessoa super bacana e qua gosta muito de partilhas suas vivências..por isso já levei seu link pra te seguir e voltar mais vezes!
Espero que vc tb vá conhecer o meu cantinho!
Uma Linda e abençoada Páscoa!
beijinhos com carinho Mô =)

claudia disse...

Essa minha "cumadi" vai fazer uma falta do.... tamanho do mundo!!!!
Mas não vai dar nem tempo de sentr saudades.... daqui a pouco to batendo la em Macaé pra um churras de open house(apto) hhuauahuahua

Beijinhos....

justme disse...

Keli, são pessoas como você e a May, também brasileira, do blog Donas da Língua(que faz anos hoje), que fazem com que o meu copo esteja sempre meio cheio.
Se passarmos pelas experiências, sejam quais forem, sem crescermos, então passaremos pela vida sem viver.
Um beijão para todos e é com este espiríto que acredito que dia 15 será o dia V de Heleninha.

c i n t i a disse...

que linda postagem.
páscoa é renascimento, renovação!
então a hora é agora!!!

bjs e feliz pascoa
cintia

Rosana Remor disse...

Keli, não conheço você, mas acabo de ler o seu blog e me emocionei com a sua história . Também sou mãe e não há mãe que não queira o bem maior para seus filhos. Vou rezar pela saúde de sua Heleninha e para Deus estar ao seu lado sempre. Olha, tenho uma amiga que a filha teve leucemia aos 3 anos. Foi uma luta e tanto.Hoje a menina tem 17 anos e está curada, é uma mocinha linda e muito feliz. Há muitos anos, tive também um aluno com a mesma doença. Hoje ele é médico , está casado e muito feliz.Muita força para você e todas as bênçãos de Jesus. Um grande abraço. Rosana

Giovana disse...

Oi amiga (tutubarão)!

Você é especial em todos os sentidos ( como amiga, mãe, esposa e filha) É tão bom compartilhar de sua alegria e de suas vitórias com a pequena Helena.Saiba que pode contar comigo para qualquer coisa (qualquer coisa mesmo!) Desejo um bom retorno para Macaé, muita saúde para todos. Eu e minha familia continuaremos a orar por sua familia. beijos!!!!!!!!
Giovana (peixe piloto) sempre as ordens!

Vania Verçosa disse...

Oi amiga,

Desejo-lhe muitas felicidades e torço paa dar tudo certo com Heleninha.

Beijos no coração...

Mônica disse...

Kelli.
Nós que acompanhamos por algum tempo. Desde o ano passado, sua trajetória com Heleninha e com a companhioa de seu filho e marido fico maravilhada.
Só peço a Deus para continuar a te dar força e sabedoria para conseguir o melhor no sofrimento. Tenho certeza que Deus já a curou.
só qero a confirmação em alguns dias.
com muito amor
sua amiga Monica

Laura disse...

Nossa, Keli, fiquei arrepiada. Texto belissímo, cheio de emoção.
Sempre soube que a gente aprende pela dor e pelo amor. Pena que as coisas tenham que ser dessa maneira, mas que bom que vc se vê uma pessoa melhor. Mesmo sem te conhecer pessoalmente, sempre senti que vc é uma pessoa do bem.Que essa nova fase seja abençoada e que Deus possa estar sempre presente em sua vida. Beijos a todos de sua família.

Meire disse...

Minha querida, acabei de ler seu depoimento, e creia que todas nós do lado de cá da telinha, estamos em oração por você e por Heleninha, que essa tormenta acabará com um brilhante SOL que iluminará sua jornada daqui para frente, que Deus abençõe você e sua família, beijos.

iveteiluminada8 disse...

Kelli, conheci seu blog hj e adorei.Tomei conhecimento de uma de suas campanhas (pijamas) ano passado qdo recebi um email, morava em ctba e fim de ano recebi um email seu indicando seu blog. Parabéns pelo blog, pelos filhos lindos e desejo muito mais vitórias pra vcs junto á Heleninha.